top of page
Julia - Capa Youtube.png
  • Foto do escritorJulia Marques

Larian Studios rejeita modelo de assinatura para jogos e garante independência.

Em resposta às recentes declarações da Ubisoft sobre serviços de assinatura, o CEO da Larian Studios, Swen Vincke, deixou claro que os jogos desenvolvidos por sua empresa não serão disponibilizados em plataformas desse tipo. A Ubisoft anunciou alterações em seu serviço de assinatura, Ubisoft+, afirmando que os consumidores deveriam se sentir confortáveis em não serem donos dos jogos.


Vincke expressou sua discordância com essa abordagem, afirmando que o modelo "dos desenvolvedores direto para os jogadores" é a maneira correta de vender jogos. Ele destacou a importância de evitar que uma cúpula decida quais jogos serão feitos e onde serão disponibilizados. O CEO da Larian Studios enfatizou a necessidade de manter a independência na criação e distribuição de jogos.


A posição de Vincke destaca um crescente debate na indústria de jogos sobre o modelo de assinatura e o impacto que isso pode ter na relação entre desenvolvedores e jogadores. Fica a incerteza sobre como essa discussão moldará o futuro do mercado de videogames nos próximos anos.

Comentarios


bottom of page