top of page
Julia - Capa Youtube.png
  • Foto do escritorJulia Marques

Greve dos roteiristas de Hollywood chega ao fim com acordo histórico.

Após quase cinco meses de paralisação, o sindicato dos roteiristas de Hollywood (WGA) e a Alliance of Motion Picture and Television Producers (AMPTP) chegaram a um acordo nesta terça-feira (26). No 148º dia de greve, os conselhos da WGA decidiram por unanimidade suspender a ordem de greve a partir das 00h01 (horário de Los Angeles) de quarta-feira. A votação de ratificação está programada para ocorrer entre os dias 2 e 9 de outubro.


O acordo preliminar alcançado com a AMPTP representa um marco significativo nas negociações. As partes conseguiram chegar a acordos cruciais, incluindo o uso da inteligência artificial no processo criativo, requisitos mínimos de contratação para as equipes de roteiristas e os royalties provenientes das plataformas de streaming.


O Screen Actors Guild-American Federation of Television and Radio Artists (SAG-AFTRA) continua em greve, aguardando a sua vez de retornar à mesa de negociações após 75 dias de paralisação. A decisão da greve foi tomada durante as negociações salariais da categoria com os principais conglomerados de entretenimento. Entre as principais queixas do grupo estavam a dificuldade em receber remunerações com ajustes diante da inflação, a encomenda por séries de televisão com temporadas mais curtas e, principalmente, a falta de pagamento por ganhos residuais.


A greve envolvia também uma questão de tecnologia, já que os roteiristas pediam pela regulamentação do uso de Inteligência Artificial em produções. Enquanto o sindicato pedia legislação para que IA não pudesse ser usada para escrever ou adaptar qualquer material, a AMPTP solicitava reuniões anuais para discutir o avanço da tecnologia e seu uso no desenvolvimento de projetos.


A suspensão da ordem de greve marca o fim da paralisação que afetou significativamente a produção de projetos nos estúdios americanos nos últimos meses.

Comments


bottom of page