top of page
Julia - Capa Youtube.png
  • Foto do escritorJulia Marques

Figurinista de turnê de Lizzo alega ambiente de trabalho inadequado e move processo judicial.

A figurinista Asha Daniels acusa a cantora de criar um ambiente de trabalho sexualizado e racialmente carregado.


---



Lizzo, a renomada cantora e performer, está enfrentando mais um processo judicial, desta vez movido por Asha Daniels, a figurinista de sua turnê. Daniels alega que a artista criou um ambiente de trabalho "sexualizado, racialmente carregado e ilegal". Além disso, a figurinista afirma que foi negada a ela a assistência médica necessária durante a turnê.


Segundo documentos obtidos pelo The Wrap, Daniels descreveu o ambiente de trabalho como sendo repleto de "experiências de degradação, trabalho físico forçado, negação de cuidados médicos, assédio sexual e assédio racial... por parte da gestão de Lizzo".


Em resposta, um porta-voz de Lizzo chamou as alegações de um "golpe publicitário absurdo". Esta nova acusação se segue a um processo movido por três ex-dançarinos da cantora, que também alegam assédio sexual e moral.


O advogado das vítimas, Ron Zambrano, declarou que "a forma chocante como Lizzo e sua equipe de gestão trataram seus artistas parece ir contra tudo o que Lizzo defende publicamente, enquanto no privado ela envergonha seus dançarinos e os rebaixa de maneiras que não são apenas ilegais, mas absolutamente desmoralizantes".


Lizzo negou veementemente as acusações, classificando-as como "histórias sensacionalistas de ex-funcionários" que teriam sido demitidos por comportamento inapropriado durante a turnê.



Comments


bottom of page